A FESTA DA ONÇA – Escritor maranhense Wilson Marques lança novo livro em São Luís.

Nesta quinta-feira, 15, acontece o lançamento do livro A Festa da Onça, de Wilson Marques, em São Luís. O autor realiza a noite de autógrafos no Espaço da Livraria AMEI – São Luís Shopping. Haverá participação especial de Renata Figueiredo, na contação de estórias. Começa 19h.

Com rimas e humor, em A festa da onça conhecemos a história de uma onça que, de olho no jantar, convida o coelho para uma festa na sua casa. Na obra, ilustrada pela premiada artista indígena Kássia Borges, Wilson Marques usa o mundo animal como pano de fundo para tratar da força da união.

O escritor maranhense Wilson Marques já é um nome conhecido na literatura infantojuvenil, principalmente pela influência da cultura popular da região presente em suas obras. Dessa vez, em A FESTA DA ONÇA, seu livro de estreia no catálogo da Brinque-Book, o autor se inspira na literatura de cordel e produz uma narrativa bem-humorada, ao mesmo tempo que apresenta aos pequenos alguns animais da fauna brasileira.

Com texto rimado, o livro conta a história da dona onça, que chama o coelho para ir a uma festa em sua casa com a intenção de comê-lo no jantar. Porém, a onça certamente não contava com a astúcia do coelho: ele logo percebe as intenções da felina e chama os outros animais para comparecerem ao evento: “— Se eu for acompanhado, / a coisa sai diferente, / pois a união faz a força, / como sabe toda a gente. / Se estivermos todos juntos, / não há onça que enfrente.”.

Dessa forma, a notícia da festa se espalha rapidamente pela floresta, e diversos animais resolvem acompanhar o coelho, caso do tapir, do cururu, da cobra, da garça e de muitos outros bichos da nossa fauna tão diversa Ao final do livro, encontramos um glossário com características dos animais que aparecem ao longo da narrativa, permitindo que o leitor conheça um pouco mais sobre a diversidade de espécies que encontramos em solo nacional.

No fim das contas, o leitor descobre que o pequeno coelho estava certo, e a repentina aparição de tantos animais acaba frustrando os planos da felina. A festa, no entanto, acaba sendo um sucesso também para a onça: “Até mesmo dona Onça, / já do coelho esquecida, / tanto falou, pulou, dançou, / tudo sem regra ou medida, / que desabou em sua cama, / onde ficou estendida.”. 

Além de tratar de temas como o poder da união e da amizade, o livro conta também com as potentes ilustrações da premiada artista plástica indígena Kássia Borges, professora da Universidade Federal de Uberlândia e com obras expostas em instituições como a Pinacoteca (SP).

 

Sinopse:

Inspirando-se nos cordéis, o autor maranhense Wilson Marques conta a história da dona Onça e do Coelho. Ela quer fazer dele o seu jantar, e para tanto o convida a uma festa de arromba em sua toca. O coelho, que de bobo não tem nada e desconfiado das intenções da pintada, chama toda a bicharada para participar da festa. Afinal, a união faz a força! Para surpresa de dona Onça, o cururu, o tamanduá-bandeira, a cutia, o tapir, a dona Cobra e muitos outros animais chegam rapidinho para comer, beber e papear. Resta saber que plano irá dar certo – se a onça vai dançar ou se é o coelho que irá parar em sua pança. Além do mais, no fim do livro há curiosidades sobre os bichos que aparecem na narrativa.

 

Sobre o autor:

WILSON MARQUES é natural de Caxias – MA. Formou-se em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e atuou em jornais de São Luís e São Paulo.

 

Sobre a ilustradora:

KÁSSIA BORGES nasceu em Goiás. Indígena karajá, “povo Iny” do cerrado, é artista plástica e professora de artes. Fez doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Universidade Federal do Amazonas e mestrado em Artes Visuais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



Ficha técnica

A festa da onça

Selo: Brinque-Book

Texto: Wilson Marques

ilustrações: Kássia Borges

Páginas: 40

Formato: 20 cm x 27 cm

Acabamento: brochura

Idade recomendada: a partir de 6 anos

Preço: R$ 54,90

Data de lançamento: agosto de 2022

(Da Redação. Com informações da Assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos